Estratégias

O que é um Site Otimizado?

É um site que está de acordo com normas do Google com relação a velocidade, codificação, conteúdo(textos, fotos e vídeos), além da experiência do usuário e navegabilidade. O site otimizado também precisa ter boa compatibilidade com os dispositivos móveis, celulares e tablets.

O Site Otimizado é um site planejado para ser:

  1. Bem classificado no Google
  2. Rápido no carregamento
  3. Bonito e atual
  4. Visível em qualquer dispositivo móvel
  5. Seguro e confiável

Para um site ser considerado otimizado ele deve conter vários requisitos. Todos os pontos têm sua importância para a otimização do site. Como o Google é o maior buscador do mundo, a otimização do site visa, na grande maioria, tornar o site amigável para o Google atendendo as regras deste gigante da internet para que seja bem classificado. O objetivo maior é fazer com que o Google “avalie” bem o site e assim estará bem ranqueado nas buscas.

Os profissionais que farão o site não podem se esquecer jamais da experiência do usuário ao navegar pelas páginas, ler os textos e ver as fotos e vídeos. O conteúdo e a experiência do usuario (se é um site atrativo ou não) são avaliados pelo Google por diversos métodos. Um dos métodos que o Google usa para saber se um site tem conteúdo relevante, além das questões técnicas que citamos acima, é o tempo que o internauta fica em cada página e se continua navegando por outras páginas do site.

Fazer um site de acordo com normas do Google não é tarefa simples e por esse motivo, profissionais do mundo todo têm se capacitado em cursos e treinamentos especiais. Até o próprio Google promove cursos, treinamentos e encontros para ensinar pessoas a respeito de Otimização.

O Site Otimizado deve ser desenvolvido com o que há de melhor do design, da codificação e da usabilidade e navegabilidade para os visitantes e com atuais técnicas de SEO para melhor posicionamento no Google, além de ter conteúdo relevante para o tema do site.
Seu código-fonte deve ser “Googlefriendly“, o servidor web onde o site estiver hospedado deve ser de alta performance e com boa largura de banda. É importante também que o servidor tenha uma versão em cache das principais páginas em html que torna o carregamento mais rápido.
Suas imagens devem ser comprimidas em tamanho (MB). As imagens são grande parte do tamanho do site, esse tamanho que estamos falando em é Bytes, e quanto maior o tamanho em bytes maior o tempo de download, ou seja, o site demora a carregar. Daí a importância de as imagens serem otimizadas, diminição do tamanho em Bytes sem reduzir a qualidade. Nos site há também uma série de javascripts e códigos CSS que precisam ser compactados.

Além de tudo isso, é extremamente recomendável que um Site Otimizado tenha um Certificado SSL e possua um endereço seguro com https. Esse certificado garante a segurança da conexão por meio de criptografia. O Google já declarou que o Certificado SSL (endereços https) terão preferencia na classificação do site nos resultados de busca. Em outras palavras, o site que tem SSL será favorecido no ranking de buscas do Google.
Leia mais sobre certificado SSL neste outro artigo.

WORDPRESS

Atualmente o WordPress é a plataforma mais utilizada no mundo para fazer sites otimizados, pois possui ampla documentação e uma comunidade bem atuante nas melhorias do seu código-fonte. O WordPress também garante segurança das informações por meio de criptografia das senhas e infinitos plugins que agregam um universo de funcionalidades aos sites, desde comercio eletrônico até blogs pessoais.

O WordPress é uma das plataformas de publicação mais populares no mundo. Hoje ele é utilizado pela maioria dos blogs da internet e conquistou esse lugar por ser um software open source, de fácil utilização e muito potencial. O WordPress é uma plataforma “amiga do Google” e possui diversas ferramenta que auxiliam a árdua tarefa de tornar um site otimizado para o Google (SEO).

Artigo Rating: 10 out of 10

O que é consultoria de Marketing Digital

O objetivo de uma consultoria de Marketing Digital é auxiliar diferentes tipos de negócios a utilizarem as ferramentas online e adaptarem o negócio para atender um novo comportamento do consumidor, que utiliza a internet para tomar suas decisões de compra e se informar.

Objetivos de uma consultoria de Marketing Digital

Dividimos os principais objetivos de uma consultoria de Marketing Digital em três tópicos.

Veja quais são:

1. Diagnosticar problemas
Um dos principais papéis de uma consultoria de Marketing Digital é diagnosticar os principais problemas do cenário atual da empresa. Para isso, é realizada uma análise de todos os processos de marketing e vendas, levantando oportunidades de melhoria para cada etapa e todos os pontos de contato online que a empresa tem com seu potencial cliente (site, redes sociais, blog, email etc.).

Normalmente nesse diagnóstico inicial alguns itens de mudança já surtem efeito mais rápido, como inserir no site Calls-to-Action em posição de destaque para uma Landing Page.

Além disso, é importante verificar configurações gerais como instalação do código do Google Analytics para monitoramento de visitas.

2. Fazer um planejamento
Outro objetivo é realizar um planejamento alinhado com os objetivos de negócio da empresa, entendendo a realidade do negócio, metas a serem cumpridas pela equipe de vendas, ticket médio esperado de vendas e público-alvo. A partir disso, utilizar como base as métricas do mercado para calcular quanto precisará ser investido de tempo e dinheiro para o alcance dos resultados.

Por exemplo: para a empresa realizar as vendas esperadas para o próximo período são necessárias quantas abordagens comerciais? Quantas oportunidades a equipe de marketing precisa gerar para chegar nesse número? Quantas visitas são necessárias no site para gerar essas oportunidades?

E, a partir dessas metas definir as ações para atração de visitantes, geração de oportunidades e vendas. Dessa forma, o planejamento de Marketing Digital passa a contribuir diretamente para o sucesso da empresa em número, não apenas com posicionamento que era o grande foco do marketing tradicional.

Ao contratar uma consultoria é importante que a empresa consiga visualizar todo o processo para chegar aos resultados esperados e qual caminho será trilhado. Quando possível, definir metas específicas para o projeto e, claro, um cronograma com prazos bem definidos.

3. Definir os próximos passos
Após o diagnóstico e planejamento é hora do consultor utilizar sua expertise para orientar, em um plano de ação, as atividades que tenham maior potencial de sucesso. É o momento de explicar o que deve ser feito e como deve ser feito.

Por exemplo: um dos problemas diagnosticados é a baixa taxa de conversão do site de visitantes para Lead. As atividades propostas podem definir uma oferta direta e uma indireta, criar uma Landing Page para capturar os visitantes do site e transformá-los em oportunidade de negócio.

Muitas vezes os consultores contam com uma metodologia de implementação e parceiros como ferramentas e serviços para dar suporte às ações planejadas. No exemplo acima citado seria necessário para a implementação um editor de Landing Pages.

É recomendável que as empresas utilizem da consultoria também para aprender sobre a parte conceitual do Marketing Digital se envolvendo com o porquê das atividades propostas. A consultoria de Marketing Digital deve ter um caráter educativo para que a empresa não fique dependente do consultor e consiga entender o propósito do trabalho.

O que não esperar de uma consultoria de Marketing Digital

Certo, falamos sobre o que uma consultoria de Marketing Digital pode fazer pela sua empresa. Mas e quais as atividades pelas quais ela não será responsável?

1. Execução das atividades
As expectativas de algumas empresas ao contratarem uma consultoria de Marketing Digital estão atreladas à ideia de que o consultor irá executar atividades, como postagens em redes sociais, criação de páginas de conversão e produção de conteúdo, e a empresa ficará com o papel de monitoramento dos resultados.

Existem sim algumas empresas que prestam alguns serviços de Marketing Digital, como criação e otimização de campanhas de Google Ads, mas não é o padrão. Geralmente agências costumam assumir esse papel, na consultoria o comportamento é diferente!

O papel do consultor é orientar essas atividade e possivelmente sugerir fornecedores para execução, não realizá-las!

Por isso, é altamente recomendável ter um funcionário na empresa que seja responsável pelo trabalho de Marketing Digital e, se possível, responda por métricas relacionadas, como geração de visitas, Leads e oportunidades comerciais gerando assim um comprometimento com o projeto.

2. Disponibilidade em tempo integral
Como a maior parte dos modelos de consultorias empresariais, a consultoria normalmente é negociada em um pacote de horas.

É importante alinhar com o consultor a metodologia de trabalho para não haver problemas, definindo pontos como: momentos para suporte de dúvidas, tempo para reuniões de definições estratégias, momentos de aprendizagem e canais de contato (email, Skype, telefone).

Com alinhamentos iniciais, a empresa consegue ter um aproveitamento melhor das horas investidas.

Quando contratar uma consultoria de Marketing Digital
O momento de contratar uma consultoria de Marketing Digital é quando a empresa possui uma estrutura mínima para executar o projeto e está disposta a se comprometer com os resultados.

Essa estrutura envolve basicamente o tempo de dedicação de um funcionário que tenha algumas habilidades na área de Marketing Digital e orçamento mínimo da área de marketing para investir nas ações.

Se precisar de alguma dica, sugerimos fazer uma pesquisa no Marketplace do RD Station, o local certo para você encontrar consultorias certificadas para implementar sua estratégia digital.

Uma vez que você tenha o seu site completo e esteja em funcionamento … você vai querer promover o seu site. Uma ampla variedade de maneiras de fazer isso. Primeiro sugiro que você se inscreva para as ferramentas do Google para webmasters (gratuitas) e verifique seu site (as instruções estão nas ferramentas para webmasters) e considere inscrever-se no Google Analytics (também gratuito). O Google Analytics ajudará você a “ver” quem está visitando seu site e como ele está sendo encontrado, por meio de pesquisas, digitação direta do URL ou links, etc.

google ferramentas

Outras Formas

Existem outros motores de busca que também têm envios gratuitos (Yahoo, etc.) basta fazer uma pesquisa na Internet e enviar o seu URL.

Depois de tudo o que for feito, promova o seu site:

  • Peça que todos os seus amigos/parentes/conhecidos visitem o site regularmente;

  • Promova seu site (eu listo meus Blogs em parte da minha assinatura de e-mail para cada e-mail que eu envio);

  • Conecte-se a outros sites semelhantes e peça a eles que retribuam. Isso ajudará a atrair tráfego;

  • Se você tem um site que vende produtos ou serviços, etc. anuncie seu site;

  • Tenha um cartão de visitas com seus sites e quando encontrar pessoas entregue seu cartão, seus sites serão listados;

Faça uma pesquisa sobre como promover seu site online e veja o que outras pessoas fizeram para aumentar o tráfego. O fato de o seu site ser “visto” pela pesquisa do Google leva um tempo. Depende de vários fatores, pode levar semanas (ou meses…) e é tudo sobre números… mas acessos ao seu site mais cedo ele irá subir na escala na lista de pesquisa.

Se o Google não permite que os programas passem pelos resultados da pesquisa, como você pode descobrir se seus esforços de SEO estão funcionando?

Aqui estão algumas sugestões:

  • Percorra os resultados do mecanismo de pesquisa manualmente: esta é, obviamente, a maneira mais tediosa de descobrir onde sua página está aparecendo em uma pesquisa. Não será 100% confiável, pois diferentes servidores do Google podem oferecer resultados diferentes (por isso, você deve fazer isso usando uma “pesquisa anônima”). Mas funciona, e o Google permite esse tipo de acesso. É apenas demorado e tedioso.

  • Use seu software de análise: O uso do software de análise da Web deve informar o URL em que seus clientes estavam antes de chegarem à sua página. Este é o referenciador e qualquer um que venha do Google deve ter o número da página em que estava quando encontrou sua página.

  • Vá através de seus arquivos de log do servidor: desde que os logs do servidor da web estejam no formato de log combinado ou em outro formato que inclua as informações do referenciador, você poderá ver de quais páginas as pessoas vêm para acessar sua página. Todos os resultados do Google informam onde sua página apareceu em sua pesquisa.

  • Use as Ferramentas do Google para webmasters: se você entrar na seção “consultas de pesquisa” das ferramentas do Google para webmasters para o seu site, verá todas as palavras-chave que as pessoas usaram para encontrar seu site. Quando você clica na palavra-chave em que está interessado, as ferramentas do Google para webmasters incluirão a posição nos resultados da pesquisa.

google search

Todas as sugestões acima (exceto passar pelos resultados manualmente) dependem de alguém encontrar sua página por meio de pesquisa e clicar no Google, mas se sua página estiver aparecendo na classificação 95, é provável que a maioria das pessoas nunca chegue tão longe.

Para novas páginas e, na verdade, para a maioria dos trabalhos de SEO, você deve se concentrar no que está funcionando, e não em sua classificação arbitrária em um mecanismo de pesquisa.

Pense em qual é o seu objetivo com o SEO. Chegar à primeira página do Google é um objetivo admirável, mas o motivo real que você deseja chegar na primeira página do Google é porque mais visualizações de página afetam a receita do seu site. Portanto, concentre-se menos no ranking sozinho e mais em obter mais visualizações de página de várias maneiras do que apenas a classificação do site.

Aqui estão 3 formas que você pode fazer para acompanhar uma nova página e ver se seus esforços de SEO estão funcionando:

  • 1- Verifique se seu site e sua nova página foram indexados pelo Google. A maneira mais fácil de fazer isso é digitar “site: seu URL” (por exemplo, site:www.exemplo.com) na pesquisa anônima do Google. Se seu site tiver muitas páginas, ainda será difícil encontrar o novo. Nesse caso, use a Pesquisa avançada e altere o período até a última atualização da página. Se a página ainda não aparecer, aguarde alguns dias e tente novamente.

  • 2- Depois que você souber que sua página foi indexada, comece a assistir suas análises nessa página. Em breve, você poderá rastrear quais palavras-chave as pessoas usaram para exibir sua página. Isso ajudará você a otimizá-lo ainda mais.

  • 3- Lembre-se de que pode levar várias semanas até que uma página apareça nos mecanismos de pesquisa e receba visualizações de página. Portanto, não desista. Continue verificando periodicamente. Se você não vir resultados após 90 dias, considere fazer mais promoção ou otimização em sua página.

Primeiro, você precisa garantir que seu website tenha sido indexado pelo Google. Para descobrir se está, digite este endereço: “yourdomain.com” na caixa de pesquisa do Google, substituindo “yourdomain.com” pelo seu nome de domínio real. Se você vir uma listagem das páginas do seu website, o Google já indexou seu site e continuará a visitá-lo ocasionalmente para verificar se há atualizações. Se o seu site não estiver listado, envie-o aqui. O Google levará de uma a duas semanas para visitar e indexar seu website.

Em segundo lugar, lembre-se de que o Google exibirá apenas as páginas da Web relevantes para a palavra-chave pesquisada. O primeiro passo é garantir que o texto da sua página da Web esteja relacionado à palavra-chave em questão. Se não for, as chances são de que o Google não mostre isso.

Terceiro, só porque o seu site não aparece na primeira página, não significa que ele não esteja aparecendo. Vá para o final da página de resultados e clique em “próximo” para a página 2 e assim por diante. Seu site pode estar na página 2, página 82 ou em algum lugar no meio.

google

Ok, meu site está no Google, mas está na página 82! O que posso fazer para mostrá-lo na 1ª página?

Bem, essa pergunta é a que todos querem saber, a tao famosa pergunta que vale milhões! Felizmente existem duas maneiras principais de exibir seu website na primeira página do Google:

  • Você pode pagar para estar na primeira página do Google e não precisa ser muito dinheiro. Isso é chamado de anúncios do Google.

  • Você pode obter o seu site para classificar “organicamente” sem ter que pagar por anúncios.

Anúncios no Google

A maneira mais rápida e fácil de acessar a 1ª página do Google para uma determinada palavra-chave é pagar por anúncio. Você se inscreve no Google, escolhe as palavras-chave que deseja segmentar e, em seguida, “licita” (sim, como um leilão) quanto deseja pagar sempre que seu anúncio é clicado. Isso é chamado de “pagamento por clique”. Quanto mais alto o lance por clique, maior será o seu anúncio no topo da página, mantendo-se todas as outras coisas iguais.

Você também pode definir um orçamento diário para que, quando seu orçamento for atendido, o Google não mostre mais seu anúncio naquele dia, para que não seja clicado e você não será cobrado. Para a maioria das indústrias, essa é uma maneira barata e fácil de aparecer na primeira página do Google.

Para outras indústrias (como advogados, por exemplo), isso pode ser muito caro. Algumas palavras-chave custam até 300 reais por clique ou mais!

Maneira Gratuita:

Entrando no Google Organicamente (Naturalmente)

A outra maneira de acessar a página 1 do Google e de outros mecanismos de pesquisa é o método orgânico ou natural. Estes são os principais resultados que aparecem abaixo da seção de anúncios ou mapa local nas páginas de resultados dos mecanismos de pesquisa (veja gráfico acima).

Esses resultados não podem ser alcançados com o pagamento de dinheiro para o Google. Eles são alcançados com a otimização cuidadosa e de longo prazo de muitos fatores usados ​​pelo Google ao classificar a relevância. A prática de otimizar sua presença na web para que ela apareça de forma orgânica no Google é chamada de Otimização do Mecanismo de Pesquisa (SEO).

Alguns dos fatores mais importantes que influenciam o ranking do seu negócio na 1ª página do Google são:

  • Qualidade e duração do conteúdo da sua página: as páginas do seu site devem conter informações únicas e úteis que beneficiarão seus clientes. Quanto mais longo melhor, contanto que seja de alta qualidade. Esforce-se para ajudar o seu público-alvo, criando conteúdo de qualidade que eles vão querer consumir.

  • Qualidade e número de links de entrada: se outros sites estiverem vinculados ao seu, especialmente sites importantes que têm conteúdo relacionado ao seu, o Google classificará seu site como superior. Os links de terceiros para o seu site fornecem um “sinal de aprovação” ou um voto de confiança que indicam ao Google que seu conteúdo pode valer a pena aumentar a SERP.

  • Website para dispositivos móveis: A maioria das pessoas está agora utilizando telemóveis para procurar informações na Web. As páginas do seu site são compatíveis com dispositivos móveis? Seu site deve ser otimizado para dispositivos móveis e fácil de navegar, para que os usuários em qualquer dispositivo possam encontrar o que precisam de maneira rápida e fácil.

  • Velocidade da Página: Suas páginas da web devem ser carregadas rapidamente em todos os dispositivos. O carregamento lento de páginas da web pode afetar negativamente sua classificação no Google. Ninguém gosta de esperar vários segundos para que qualquer site seja carregado. Você pode realizar um teste gratuito de velocidade de página aqui ou usar uma ferramenta que teste a velocidade da página do seu site.

  • Palavras-chave no conteúdo da página: Obviamente, se as palavras-chave que você está segmentando realmente aparecerem em seu site no texto e nos títulos das páginas, você terá uma classificação melhor para essas palavras-chave. Escreva seu conteúdo para os clientes, mas mantenha o Google em mente. Não use muitas palavras-chave. Em caso de dúvida, mantenha-se natural.

  • Autoridade do nome de domínio: quanto mais você tiver o domínio, melhor. Quanto mais páginas de conteúdo de qualidade você tiver em seu nome de domínio, melhor. Além disso, inclua palavras-chave em seu nome de domínio, se puder (embora o Google diga que isso não afeta diretamente seus rankings, isso pode ajudar a influenciar um usuário a clicar em seu site em comparação a um concorrente).

  • Páginas Seguras: Suas páginas da web devem carregar via https para que sejam seguras. O Google e as pessoas gostam de ver páginas seguras, mesmo que você não esteja processando cartões de crédito ou obtendo informações pessoais. No navegador Google Chrome, o Google agora está rotulando todas as páginas que são carregadas com um SSL como Não seguro. Não seja um desses sites desconfiados.

  • Estrutura de URL: URLs “bonitas” são melhores (https://exemplo.com/blog é melhor que https://exemplo.com/index.php&id=54 por exemplo). Se os URLs da sua página forem legíveis pelas clientes, favorecerá seu negócio.