Tipos de Ecografia e suas Diferenças

Ao decorrer da gestação, a mãe tem que realizar algumas ecografias para avaliação do estado, saúde e evolução do bebê.

Algumas ecografias ora são mais detalhadas e específicas, ora mais marcantes, como a que define o sexo do bebê. Existem alguns tipos de ecografias realizadas na gestação e nesta publicação vamos ver suas diferenças.

ecografia brasilia

A Ecografia no 1º Trimestre: é possível diagnosticar a partir da quarta ou quinta semana através da ecografia a gestação. A viabilidade da gravidez é confirmada através do batimento cardíaco na quinta ou sexta semana. A ecografia é bastante importante se tiver perdas de sangue vaginais durante o primeiro trimestre, isto porque torna possível determinar a localização e viabilidade da gestação. Ao efetuar uma ecografia precoce pode confirmar uma gravidez múltipla e determinar o número de placentas. Também entre as 11ª e as 14ª semanas se podem visualizar a existência de anomalias cromossômicas, como a síndrome de Down.

Ecografia com Detalhes na 18ª a vigésima semana: a gestante nesta altura poderá realizar uma ecografia com o objetivo de detectar malformações do feto. Será examinado cada detalhe em cada parte do corpo do bebê. Onde, todos os problemas serão registrados, desde as grandes as pequenas malformações.

Ecografia 3D: A ecografia em três dimensões tem sido expandida. Esta nova técnica fornece imagens bonitas e bem claras da superfície do bebê, especialmente do rosto.

Ecografia Doppler a Cores: vai converter o movimento de estruturas, em cores diferentes. Assim vai permitir que os vasos sanguíneos sejam examinados para ver a quantidade de sangue que corre dentro deles. Pode-se medir o fluxo sanguíneo, visualizar o cordão umbilical e as artérias uterinas.

Neste vídeo pode-se perceber as diferenças entre as ecografias visualmente:

Indicamos os serviços de Ecografia Brasília para melhor eficácia de seus exames.

Tipos de Ecografia e suas Diferenças
4.9 (97.14%) 7 votes

Deixe uma resposta