História da Eletropaulo e mudança para Enel

A Eletropaulo, que é uma empresa responsável pela distribuição de energia elétrica no estado de São Paulo, após ser comprada pelo grupo italiano Enel, que possui sede em Roma e atua na geração e distribuição de energia elétrica, passou a se chamar Enel Distribuição São Paulo.

Então preparamos esse artigo para que você possa entender melhor a história da Eletropaulo desde sua formação até sua venda.

A Eletropaulo

O início da historia da Eletropaulo se deu em 1899, quando a energia elétrica em São Paulo era fornecida pela empresa privada canadense Light São Paulo – São Paulo Tramway, Light and Power Company.
No final de 1970 foi assinado um contrato de concessão da Light com o governo federal, já em 1981, na gestão de Paulo Maluf, o governo do estado de São Paulo efetivou a compra da Light paulista e dela criou a própria empresa de energia, agora com o nome de Eletropaulo.
A nova empresa foi por uma década uma das maiores estatais de São Paulo, gerando mais de 26 mil empregos.

Privatização da Eletropaulo

Em 1995, Mário Covas criou um Programa Estatal de Desestatização, conhecido como PED, para privatizar algumas estatais paulistas. Nesse projeto entrou a Eletropaulo.
Como a empresa de energia elétrica era muito grande, foi decidido não privatizá-la de uma vez, então foi feito em blocos, separando-a em quatro menores empresas, foram elas:

Eletropaulo Metropolitana: Esse primeiro bloco foi privatizado em 1999 e teve o nome de AES Eletropaulo.

Empresa Bandeirante de Energia: Esse segundo bloco foi privatizado também em 1999, sendo chamado de EDP Bandeirante.

Empresa Paulista de Transmissão de Energia: Esse bloco é conhecido hoje como Transmissão Paulista e foi privatizado em 2006.

Empresa Metropolitana de Águas e Energia ou EMAE: Por último, restou esse bloco, que ainda é mantida como estatal.

A marca Eletropaulo já não existe mais desde a privatização do primeiro bloco, porém, a população paulista ainda tem o habito de usar o nome nas empresas menores que foram criadas como blocos para privatização, principalmente a AES Eletropaulo, já que existe uma semelhança no nome.
Por isso, apesar do fim da empresa, a marca foi mantida, esse reconhecimento é devido ao enorme crescimento da estatal e benefícios que ela trouxe para a população paulista.


De Eletropaulo para Enel

Em junho de 2018, Eletropaulo Metropolitana, denominada AES Eletropaulo após a privatização, foi comprada pela marca global Enel, depois de uma grande disputa com a marca espanhola Iberdrola.

Com a compra da Eletropaulo, a empresa se tornou a maior em distribuição de energia do Brasil, com cerca de 17 milhões de clientes atendidos.

Seis meses após a compra, a Eletropaulo passou a se chamar Enel Distribuição São Paulo, essa mudança de nome ocorreu com o objetivo de marcar a entrada da Enel no mercado paulista de forma bem intensa, já a mudança de marca, segundo o presidente Max Xavier Lins, será feita de forma gradativa.

Pronto. Esperamos que com esse artigo você tenha aprendido um pouco sobre a história da Eletropaulo.

História da Eletropaulo e mudança para Enel
5 (100%) 8 vote[s]